images (5)

“As orações dos homens
Subam eternamente aos teus ouvidos;
Eternamente aos teus ouvidos soem
Os cânticos da terra.”
Machado de Assis – Fé

Último apelo

Giordana Bonifácio

Ó Deus, onde está a minha recompensa?
Tu que deste mundo és o poder supremo,
Sabes bem estas dores por que gemo.
Ninguém poderia sofrer tanta ofensa.

Não vês esta tão absurda diferença?
Vejo homens justos que sofrem ao extremo,
Nesta vida que tanto execro e temo.
Não vês sobre mim esta carga imensa?

A vida, ao rico, é plena de brandura,
Ao pobre, ela está, cada vez, mais dura.
Meu Deus, escuta toda a dor de meu canto,

Pois elevo aos céus meus braços em prece.
Se a fé mais branda a vida me fizesse,
Não mais razão teria para meu pranto.

Anúncios
Categorias: Uncategorized | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: