275598_Papel-de-Parede-Coracao-Partido--275598_1024x768

“Oh, como não me alegra
ter este coração de pedra.”
Cecília Meireles

Alma de pedra

Giordana Bonifácio

Por que amor sempre fui a ti indiferente?
Será que neste peito não há um coração?
O que imune me faz à força paixão,
Quando toma de assalto a toda gente?

Sou poeta e minto o que minh’alma sente.
Turris Eburnea sem desejo ou emoção,
Que mais forte se faz à doce ilusão.
Frio mármore em que só a dor é presente.

Alma de pedra, fonte de meus sonhos,
Tão cândidos, tão amargos e tristonhos,
Refresca a minha boca só um instante.

Abra dentro de mim a primavera,
Deixa nestas vãs ruínas crescer a hera
Que encerrará o inverno há tempos reinante.

Anúncios
Categorias: Uncategorized | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: