NAO-QUERO-VER_

Doce tormento

Giordana Bonifácio

Foste-me mais uma ilusão na vida.

A melhor e a pior: doce tormento.

Estrela, suave luz do firmamento.

Foste-me uma dor cruel e colorida.

 

Amor que meu coração ainda não olvida.

Encheste de alegria o meu pensamento.

Gosto de sonho, tão amargo alimento.

Penar que me deixa a alma malferida.

 

Teu amor foi-me ora prêmio, ora castigo.

Som e silêncio, música distante.

Por que não posso ser feliz contigo?

 

Foste o amor cujo frio ora em mim crepita,

Febre atroz que me deixou delirante.

A dor que, muda, minha boca grita.

Anúncios
Categorias: Uncategorized | Tags: , , | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: