1247267634907_f

“Ai quem me dera que uma feliz mentira,

Fosse uma verdade pra mim!”

J. Dantas

Um Noturno de Chopin

Giordana Bonifácio

Já não mais posso crer em fantasias,

Pois me foi muito cruel a realidade.

É certo que sabia não ser verdade,

Mas, na dor, era só tu que me sorrias.

 

Eras-me a luz de imagens fugidias,

O tão luzidio sonho da deidade.

Hoje, tenho, daquele amor, saudade,

Mas no meu peito restam-me só angústias

 

E a certeza tão amarga da solidão.

Bate só agora, o meu rude coração,

Pois, noutro peito, não tem acolhida.

 

Sabe bem toda a mágoa que em mim chora.

E se eu pudesse cantar seria agora

Um Noturno de Chopin… Triste vida…

Anúncios
Categorias: Uncategorized | Tags: , | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: