letes

Quem me dera…

Giordana Bonifácio

Quem me dera estar livre desta dor.

Beber a água do Letes para esquecer

Tudo que ainda alimenta o duro rancor

E deixar novamente o amor me aquecer.

 

Quem me dera não mais tristezas compor

E frente a cruel solidão não enfraquecer.

Quem me dera ainda crer na força do amor

E na espera vã lindas poesias tecer.

 

Quem me dera, ó meu Deus, quem me dera!

Fazer canções, ser um soberbo poeta!

Porém, é só uma ilusão, uma quimera…

 

Pois sou somente um mísero sonhador.

Quem me dera da noite ser profeta

E cantar mágoas para o sol se pôr.

Anúncios
Categorias: Uncategorized | Tags: , , | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: