magoa_imagem

Mágoa

Giordana Bonifácio

Sinto que o meu passado não passou ainda.
A ferida que não se cura mais,
Dói pela falta que você me faz.
Meu padecer é a mágoa que não finda.

Dessa lástima toda dor é advinda.
De vencê-la, sei que já não sou capaz.
Quisera na solidão estar em paz;
Nos jardins do paraíso ser bem-vinda…

Mas, à noite, um triste anjo me visita,
Cuja graça não pode ser descrita,
E traz consigo todos meus pesares.

Como vencer a força da tormenta?
Como apagar o mal que me atormenta,
Se me lança, tal penar, em bravios mares?

Anúncios
Categorias: Uncategorized | Tags: , , | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: