4452060727_bd5b0e0c4f

A canção da amargura

Giordana Bonifácio

Meus dias ainda são tristes e cinzentos.

Com meu pobre coração já em pedaços,

Procuro você em todos os espaços.

Nestes dias vagos, sonhos sonolentos,

 

Vêm me acordar. Passam muito lentos…

Dos vultos do passado escuto os passos,

Quem me dera ter ainda seus abraços!

Mas me envolve o vazio em seus sofrimentos.

 

A tormenta traz a canção da amargura.

Não sei mais o que minha alma procura.

Toda a vida o amor foi-me um grande não.

 

Quem me dera não mais a dor recordar,

E não mais no meu peito a mágoa guardar.

Mas, por quê?  Se este meu penar é em vão?

Anúncios
Categorias: Uncategorized | Tags: , , , | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: