escrever

Por que será que escrevo?

Giordana Bonifácio

Por que será que escrevo? Haveria razão?

Se minha dor será somente minha.

Se ninguém vê que a morte se avizinha.

Por que será que escrevo? Uma vã ilusão?

 

Por que será que busco ainda por rimas?

Se estes sonetos à mágoa não apagam.

Se as palavras à minha alma alagam.

Por que será que busco as obras-primas?

 

Se ainda se faz amarga esta solidão.

Se, por meus versos, tão pouco me dão.

Por que será que escrevo? Seria pena?

 

Se fui por esta pena condenada,

Que me leve estes sonhos para o nada.

Pois a dor, que ela risca, à alma envenena.

Anúncios
Categorias: Uncategorized | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: