alicinamil_homens_flor (1)

Marcas da vida

Giordana Bonifácio

Trago em minha alma inúmeras e tristes marcas.

Que resultam de mágoas e grandes decepções.

À dor superar com minhas forças tão parcas

Foi impossível, não há como vencer as ilusões.

 

No vazio de meu espírito há sonhos dourados.

Fantasias de um passado que há muito se foi.

Os dias de ontem são pelos homens procurados.

Mas a busca do tempo perdido lhes dói.

 

Ainda há tempo para mim? A fé persevera ainda?

E as marcas deste meu coração ainda ferido?

Como vencer os traumas que adquiri na vida?

 

Certo é que na esperança a vã dúvida finda.

E as marcas somem mesmo que não o haja querido,

Tendo em vista que a dor é só alegria invertida.

Anúncios
Categorias: Uncategorized | Tags: , , , , , , | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: