outono-laranja_4322_1024x768 (1)

Gélido outono

Giordana Bonifácio

Gélido outono, dá-me o privilégio enorme,

De sonhar nessas noites longas e estreladas.

Sou pobre poeta que nas noites frias  não dorme.

Tão solitário quanto a lua, a escutar baladas.

 

Invento sonhos que me preenchem a solidão.

São suaves fantasias, às vezes doloridas,

Vagas Ilusões que na alma são só imensidão.

Mas me cobrem a dor com telas coloridas.

 

Não persevera mais qualquer sombra de sofrimento.

O outono é da magia o derradeiro momento.

Vamos pintar as folhas de lindo amarelo.

 

Não há outro período tão perfeitamente belo,

Que o outono, estação fria cuja cor impressiona.

Nada se iguala ao espetáculo que proporciona.

 

Anúncios
Categorias: Uncategorized | Tags: , , , , | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: