Primeira vez

Giordana Bonifácio

“Quando será enfim?

Amanhã bem cedo.

Será bem rápido.

Tenho muito medo.

Acredite em mim.

 

Tudo vai dar certo.

Quando se der conta,

Terá a dor sumido.

A droga está pronta.

Mas fique por perto.

 

Não tenho coragem.

Deixa de ser “mané”.

“Cê” quer ser banido?

Não… “cê” sabe, né?

Vai ser uma viagem.

 

Isso é bem errado.

Não há lei nesse país.

Estou dividido.

Quer voltar atrás?

Sinto-me esmagado.

 

Quer ser um medroso?

A turma vai zombar…

Só se for detido.

É bom como roubar?

Cara, usa é gostoso!

 

Mas se der errado?

Nada vai acontecer.

Um mundo perdido…

Espere o amanhecer

Já sou um condenado.”

 

Foi a dor que a isso fez?

Destruí os sonhos, assim,

O que havia construído.

Conheci meu fim…

Foi a primeira vez.

Anúncios
Categorias: Uncategorized | Tags: , , | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: