Coração selvagem

Giordana Bonifácio

Bate insano órgão! Explique toda minha dor.

Se quer causar-me penar, bate com mais ardor!

Músculo desprezível, muito me conhece,

Sabe que a alegria mais simples  no amor fenece.

 

Mas persiste em seu intuito, leve-me à loucura!

Porque não posso mais suportar a procura,

A eterna busca, pelo que ainda desconheço.

Até para o meu grande sofrimento,  há um preço.

 

Reconheço o tamanho de minha solidão.

Sei que a dor que mora em meu peito é uma imensidão.

Sinto-me um náufrago em meio a infinitos oceanos.

 

Guiado somente por sentimentos profanos.

Reage a meu forte apelo, coração selvagem!

Pois se quer derrotar-me , encontra-se em vantagem!

Anúncios
Categorias: Uncategorized | Tags: , , , , , | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: