Livros

Giordana Bonifácio

Quando revelo que meus livros são meu mundo,

Cai logo sobre mim um mau juízo profundo.

Comentam ser supérfluo habito da leitura,

E que a solidão de um leitor ninguém atura.

 

Para mim, ler destrói correntes, liberta a alma.

Ainda mais quando aos ânimos rudes acalma.

A leitura é, hoje, um ato de liberdade,

Além de desenvolver a criatividade.

 

O bom leitor não está preso ao padronizado.

Ao revés, julgam-no um tanto desajuizado.

Mas o que revela é uma grande imaginação.

 

Para o mundo, porém, sonhar é abominação.

Não obstante, aprecio os livros que tenho o bastante,

De modo a não esquecê-los sob o pó da estante.

Anúncios
Categorias: Uncategorized | Tags: , , , , , , | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: