Ilusão

 Giordana Bonifácio

Nesse denso nevoeiro, qualquer luz é ilusão.

Não é possível confiar na minha própria razão.

Perdido e aflito em meio a terríveis miragens.

Não confio mais em meu coração e suas bobagens.

 

 

Estou certo: amar é para os loucos somente.

Não quero mais compreender à minha estranha mente.

Estou farto da luta desses dois órgãos insanos.

Os meus desejos eram puros, não profanos.

 

A história se resume no meu sofrimento.

Tudo, até hoje, somente me causou tormento.

O que quero, ou haveria de querer, não é importante.

 

Ainda mais quando penso nisso a todo instante.

Chega de lutas, ergo já a branca bandeira.

Não quero da loucura cruzar a fronteira.

Anúncios
Categorias: Uncategorized | Tags: , , , , , , | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: