Devem ser…

Giordana Bonifácio

Devem ser as flores que ao seu hálito perfumam…

Devem ser seus cabelos que inspiram os poetas…

Devem ser suas palavras que vagam incertas…

Devem ser seus olhos que sem direção cismam…

 

Devem ser meus amores que somam tudo isso…

Devem ser as consequências destas loucuras…

Devem ser obras de todas as minhas procuras…

Devem ser meus vãos desejos por compromisso…

 

É, na verdade, um pouco de mim e de você.

Somos fruto desses sentimentos insanos.

Será que a realidade é só você que não vê?

 

É amor o que sinto? Esses ânimos profanos?

Sei que este soneto pode soar bem clichê,

Mas sua mensagem de dor se ouvirá por anos.

Anúncios
Categorias: Uncategorized | Tags: | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: