Post anterior

No coração das trevas

Giordana Bonifácio

 Perdida e sem rumo numa densa neblina,

Vou lutando contra a névoa e todos meus medos.

São tantos erros, faltas e enganos tão ledos…

Com tantas vicissitudes, quem não amofina?

 

É sobre essa a mágoa que me é mais urgente,

Que quero cantar, mesmo que me falte a rima,

Que a música saia torta ou com um tom acima.

Vou dar voz às palavras que estão em minha mente.

 

Partam a mentira e a velhice, a inveja e a morte:

Saiam todos os males da caixa de Pandora.

Não vou viver com sentimentos desta sorte.

 

Quem mais pode guiar minha nau nesta cerração,

Se não a solidão aquela que em meu peito mora?

Esta  é a vã companhia que pede a amarga canção.

Anúncios
Categorias: Uncategorized | Tags: , , , , , | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: